Artigo Original
Impacto da diabetes na forma de apresentação da tuberculose em doentes hospitalizados
Impact of Diabetes on the presenting features of tuberculosis in hospitalized patients
S. Carreira, , J. Costeira, C. Gomes, J.M. André, N. Diogo
Serviço de Pneumologia II, Centro Hospitalar Lisboa Norte, Hospital Pulido Valente, Lisboa, Portugal
Recebido 09 Agosto 2011, Aceitaram 22 Março 2012
Resumo
Introdução

A diabetes mellitus (DM) é um fator de risco para a tuberculose (TB) e pode modificar a sua forma de apresentação. O objetivo deste estudo foi o de compreender a influência da DM nos aspetos clínicos, imagiológicos e de tratamento da TB em doentes hospitalizados.

Material e métodos

Num estudo retrospetivo, revimos os processos clínicos de 123 doentes com TB e DM, internados entre 2000 e 2008. Este grupo foi comparado com outro constituído por 123 doentes com TB e sem DM.

Resultados

Apesar de em ambos os grupos ter predominado o envolvimento pulmonar multilobar, registaram-se mais casos de envolvimento isolado dos campos pulmonares inferiores nos diabéticos do que nos não diabéticos (10,6% vs 3,3% p = 0,03). As lesões cavitadas foram menos frequentes (63,4% vs 82,1% p = 0,01) e as manifestações extrapulmonares da TB mais frequentes (28,5% vs 16,3% p = 0,02) nos diabéticos, comparativamente com os não diabéticos. Não se registaram diferenças estatisticamente significativas entre os dois grupos no que concerne ao diagnóstico de TB multirresistente (MDR-TB) e ao surgimento de efeitos adversos da terapêutica antibacilar. A mortalidade intra-hospitalar foi superior nos diabéticos (8,1% vs 0,8% p = 0,01). No entanto, utilizando a regressão logística binária, só houve diferença estatisticamente significativa na mortalidade em relação à variável MDR-TB.

Conclusão

Este estudo mostrou que a DM pode alterar alguns aspetos clínicos e imagiológicos da forma de apresentação da TB em doentes hospitalizados. O envolvimento isolado dos campos pulmonares inferiores e as manifestações extrapulmonares da TB foram mais frequentes nos diabéticos do que nos não diabéticos.

Abstract
Introduction

Diabetes mellitus (DM) is a risk factor for tuberculosis (TB) and may modify its presenting features. The aim of this study was to find out the influence of DM on clinical, radiological and treatment features of TB in hospitalized patients.

Material and methods

In a retrospective study we reviewed the records of 123 patients with TB and DM admitted from 2000 to 2008 and compared this group with another one of 123 patients with TB without DM.

Results

Although in both groups multilobar lung lesions predominated, there were more cases of isolated lower lung field (LLF) involvement in diabetics than in nondiabetics (10.6% vs 3.3% p=0.03). Cavitary lesions were less frequent (63.4% vs 82.1% p=0.01) and extra-pulmonary TB manifestations were more frequent (28.5% vs 16.3% p=0.02) in diabetics than in nondiabetics. There were no significant differences between groups regarding multidrug resistant - TB (MDR-TB) and adverse effects of anti-tuberculosis drugs. The in-hospital mortality was higher in diabetics (8.1% vs 0.8% p=0.01), but using a binary logistic regression there was significant difference in mortality only in respect to the variable MDR-TB.

Conclusions

This study showed that DM affected some clinical and radiological presenting features in hospitalized TB patients. LLF involvement and extra-pulmonary TB manifestations were more frequent in diabetic patients than in nondiabetic ones.

Palavras-chave
Tuberculose, Diabetes mellitus, Padrão imagiológico, TB-MDR, Mortalidade
Keywords
Tuberculosis, Diabetes mellitus, Radiological features, MDR-TB, Mortality