Caso clínico
Granulomatose com poliangeíte inicialmente diagnosticada como cancro do pulmão
Granulomatosis with Polyangiitis initially misdiagnosed as Lung Cancer
S. Campainhaa,, , M. Gonçalvesb, V. Tavaresb, P. Castelõesb, A. Marinhoc, S. Nevesa
a Serviço de Pneumologia, Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho EPE, Vila Nova de Gaia, Portugal
b Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente, Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho EPE, Vila Nova de Gaia, Portugal
c Departamento de Doenças Auto-imunes do Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar do Porto, Porto, Portugal
Recebido 03 Outubro 2011, Aceitaram 12 Março 2012
Resumo

A granulomatose com poliangeíte (GPA), previamente denominada granulomatose de Wegener, é uma doença sistémica caracterizada por inflamação granulomatosa necrotizante e vasculite que envolve principalmente o trato respiratório superior e inferior, bem como os rins. O diagnóstico de GPA com base em biopsia por agulha fina (BAF) transtorácica pode ser problemático, levando ao diagnóstico incorreto de cancro. Os autores descrevem o caso de um paciente com provável GPA, inicialmente diagnosticado como cancro do pulmão, que curiosamente respondeu à quimioterapia para cancro do pulmão.

Abstract

Granulomatosis with Polyangiitis (GPA), which was formerly named Wegener's Granulomatosis (WG) is a systemic disease characterized by necrotizing granulomatous inflammation and vasculitis that primarily involves upper and lower respiratory tract, as well as kidneys. Diagnosing GPA on the basis of transthoracic fine needle aspiration (TFNA) may be problematic, as it can be misdiagnosed as cancer. We describe a patient with a probable GPA which was originally diagnosed as malignancy, but who responded to lung cancer chemotherapy.

Palavras-chave
Vasculite sistémica, Carcinoma não-pequenas células, Biópsia por agulha fina
Keywords
Systemic vasculitis, Non-small-cell lung carcinoma, Fine-needle biopsy