Artigo original
Função pulmonar em doentes obesos submetidos a cirurgia bariátrica
Pulmonary function tests in obese people candidate to bariatric surgery
C. Guimarãesa,, , M.V. Martinsa, J. Moutinho dos Santosa,b
a Serviço de Pneumologia, Centro Hospitalar de Coimbra-EPE, Coimbra, Portugal
b Centro de Medicina do Sono, Centro Hospitalar de Coimbra-EPE, Coimbra, Portugal
Recebido 23 Outubro 2011, Aceitaram 03 Janeiro 2012
Resumo

A obesidade é considerada um problema de saúde pública da atualidade. Devido ao facto de alterar a relação entre pulmões, parede torácica e diafragma, a obesidade tem sido relacionada com alterações da função pulmonar. Em Portugal, existem dados muito limitados entre a relação da obesidade com a função pulmonar.

O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações da função respiratória nos doentes obesos mórbidos e o comportamento dos parâmetros obtidos nas provas funcionais respiratórias (PFR) no pré e pós cirurgia bariátrica.

Realizamos um estudo retrospectivo pré e pós cirurgia bariátrica em 36 doentes obesos mórbidos, com uma média de idades de 40,6 anos sendo 64% do sexo feminino e com um índice de massa corporal (IMC) médio de 49,7 kg/m2. Todos os doentes foram avaliados clínica e funcionalmente antes da cirurgia bariátrica e após estabilização do peso na sequência deste procedimento tendo-se realizado espirometria, volumes pulmonares, difusão do monóxido de carbono (DLCO), pressões máximas respiratórias e gasometria arterial. Previamente à cirurgia a maioria mostrava alterações nas PFR, 34 doentes apresentavam uma diminuição da capacidade residual funcional (CRF) dos quais 6 tinham síndrome restritiva. Apenas 2 doentes não expressavam qualquer alteração funcional ou gasométrica. Após a cirurgia bariátrica o IMC médio reduziu para 34kg/m2 e verificou-se uma melhoria significativa de quase todos os parâmetros funcionais havendo resolução dos padrões restritivos, mantendo, contudo, ainda 13 doentes a CRF diminuída.

Foi apenas encontrada correlação com significado estatístico entre a redução do IMC e o aumento da CRF (r = −0,371; p = 0,028).

Este estudo sugere uma relação entre obesidade e restrição pulmonar e aponta para um impacto positivo da cirurgia bariátrica nas PFR.

Abstract

Obesity is considered one of the most serious public health problems of the modern world. Because it alters the relationship between the lungs, chest wall and diaphragm, it is to be expected that it impacts on the respiratory function. In Portugal, there is not much data about the relationship between obesity and pulmonary function.

The aim of this study was to characterize respiratory function in morbidly obese patients and to evaluate whether weight loss in patients submitted to bariatric surgery affects pulmonary function tests (PFT).

We conducted a retrospective study with 36 morbidly obese patients submitted to bariatric surgery, with a mean age of 40.6 years, 64% female and with a mean body mass index (BMI) of 49.7 kg/m2. All patients were clinical and functionally evaluated before surgery and after their weight had stabilized following surgery. They underwent a complete pulmonary function testing with spirometry, lung volumes, carbon monoxide diffusing capacity (DLCO), maximum respiratory pressures and arterial blood gases analysis. Prior to surgery almost all the patients had functional respiratory changes, 34 had a decrease in functional residual capacity (FRC) 6 of whom a restrictive syndrome. Only 2 patients did not show any functional or arterial blood gas change. After bariatric surgery, BMI decreased to 34 kg/m2 and there was a significant improvement in almost all functional parameters with resolution of restrictive disorders. Nevertheless, in 13 patients the FRC remained decreased.

After weight loss, the only correlation found was between reduction of BMI and increased FRC (r = −0.371; p = 0.028). This study suggests a relationship between obesity and pulmonary restriction and a positive impact of bariatric surgery in PFT.

Palavras-chave
Obesidade, Cirurgia bariátrica, Provas funcionais respiratórias, Índice de massa corporal
Keywords
Obesity, Bariatric surgery, Pulmonary function test, Body mass index