Artigo original
Correlação entre função pulmonar, postura e composição corporal em pacientes com asma
Correlation between pulmonary function, posture, and body composition in patients with asthma
V.P. Almeidaa, F.S. Guimarãesa, V.J.R. Moçoa,⿿, S.L.S. Menezesa, T.T. Mafortb, A.J. Lopesa,c,⿿,
a Programa de Pós-graduação em Ciências da Reabilitação, Universidade Augusto Motta, Rio de Janeiro, Brasil
b Departamento de Pneumologia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
c Laboratório de Fisiologia Respiratória, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Recebido 16 Outubro 2012, Aceitaram 11 Março 2013
Resumo
Objetivos

A asma pode resultar em alterações posturais causadas pelo aumento da atividade da musculatura acessória, respiratória e insuflação pulmonar. Nosso objetivo primário foi avaliar a correlação entre função pulmonar e postura em pacientes adultos com asma. Como segundo objetivo buscou-se estudar a correlação entre composição corporal e postura neste grupo de pacientes.

Métodos

Foi realizado um estudo transversal onde 34 pacientes com asma se submeteram à avaliação da análise postural (fotogrametria), função pulmonar (espirometria, pletismografia de corpo inteiro, medição da capacidade de difusão do CO e força muscular respiratória) e composição corporal através da bioimpedância elétrica.

Resultados

A maioria dos pacientes era do sexo feminino (70,6%), com mediana da idade de 32,5 anos (variação: 23-42 anos). O alinhamento horizontal da cabeça (vista anterior) correlacionou de forma significante com as seguintes variáveis: relação entre o volume expiratório máximo no primeiro segundo e a capacidade vital forçada (VEMS/CVF) (Ͽ = ⿿0,37; P = 0,03); capacidade pulmonar total (CPT) (Ͽ = 0,42; P = 0,01); e volume residual (VR) (Ͽ = 0,45; P < 0,001). Os indicadores de obstrução brônquica e força muscular respiratória correlacionaram-se também com as medidas de avaliação postural obtidas em vista lateral direita e esquerda. Tanto o índice de massa corporal quanto o percentual de massa gorda correlacionaram-se com alinhamento horizontal da cabeça, alinhamento horizontal da pélvis e ângulo frontal do membro inferior.

Conclusões

Pacientes asmáticos adultos apresentam alterações posturais específicas que correlacionam com a função pulmonar e com a composição corporal. A avaliação das medidas posturais pode fornecer uma melhor abordagem para a reabilitação pulmonar nestes pacientes.

Abstract
Aim

Asthma may result in postural disorders due to increased activity of accessory respiratory muscles and hyperinflation. Our primary objective was to assess the correlation between pulmonary function and posture in adult patients with asthma. Secondarily, we aimed to study the correlation between body composition and body posture in this group of patients.

Method

This was a cross-sectional study including 34 patients with asthma who were subjected to postural assessment (photogrammetry), pulmonary function testing (spirometry, whole-body plethysmography, diffusing capacity for carbon monoxide, and respiratory muscle strength), and body composition estimation by means of bioelectrical impedance.

Results

Most patients were female (70.6%) with a median age of 32.5 years (range: 23-42 years old). We found a significant correlation between horizontal alignment of head (anterior view) and the ratio of forced expiratory volume in 1 second to forced vital capacity (FEV1/FVC; Ͽ=⿿0,37; P=.03), total lung capacity (TLC; Ͽ=0,42; P=.01), and residual volume (RV; Ͽ=0,45; P<.001). Bronchial obstruction and respiratory muscle strength variables also correlated with postural assessment measures on the right and left lateral views. Both body mass index and the percentage of fat mass correlated with horizontal alignment of head, horizontal alignment of the pelvis, and the frontal angle of the lower limbs.

Conclusion

Adult patients with asthma exhibit specific postural disorders that correlate with pulmonary function and body composition. The assessment of postural variables may provide a better pulmonary rehabilitation approach for these patients.

Palavras-chave
Asma, Testes de função respiratória, Mecânica respiratória, Músculos respiratórios, Postura, Capacidade de difusão pulmonar, Composição corporal
Keywords
Asthma, Respiratory function tests, Respiratory mechanics, Respiratory muscles, Posture, Pulmonary diffusing capacity, Body composition