Artigo original
Cancro do pulmão no norte de Portugal: um estudo de base hospitalar
Lung cancer in Northern Portugal: A hospital-based study
V. Hespanhola,, , B. Parenteb, A. Araújoc, J. Cunhad, A. Fernandese, M.M. Figueiredof, R. Nevedag, M. Soaresh, F. Joãoi, H. Queirogaa
a Serviço Pneumologia, Faculdade de Medicina do Porto, Centro Hospitalar de São João, Porto, Portugal
b Serviço Pneumologia, Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia, Vila Nova de Gaia, Portugal
c Serviço Oncologia médica, Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga, Santa Maria da Feira, Portugal
d Serviço Pneumologia, Hospital Escala Braga, Braga, Portugal
e Serviço Pneumologia, Centro Hospitalar Vila Real Trás-os-Montes, Vila Real, Portugal
f Serviço Pneumologia, Centro Hospitalar Alto Ave, Guimarães, Portugal
g Serviço Pneumologia, Unidade Local de Saúde Alto Minho, Viana do Castelo, Portugal
h Instituto Português de Oncologia, Porto, Portugal
i Serviço Pneumologia, Hospital Pedro Hispano, Matosinhos, Portugal
Recebido 03 Novembro 2012, Aceitaram 22 Maio 2013
Relacionado:
Resumo
Introdução

O cancro do pulmão é o cancro que mais mortalidade determina em todo mundo. Em Portugal a doença mantém-se a principal causa de morte por cancro no sexo masculino.

Objetivo

Neste estudo pretendeu-se avaliar as características demográficas e clínicas dos doentes com cancro do pulmão diagnosticados e tratados nos hospitais do norte de Portugal entre os anos 2000-2010.

Doentes e métodos

Doze hospitais contribuíram para este estudo. Foram analisadas as características demográficas e clínicas dos doentes com cancro do pulmão registados em cada hospital, entre os anos 2000-2010, nos hospitais do norte de Portugal, bem como os padrões de ocorrência da doença.

Resultados

Ao longo de um período de 11 anos (2000-2010), 9.767 doentes com cancro do pulmão foram registados nos hospitais participantes. Identificamos um importante aumento no número de doentes registados em relação aos registados em 2000. No sexo feminino observou-se uma elevação da ocorrência atingindo os 30%, o que é significativo, apesar do cancro do pulmão nas mulheres, em Portugal, ser muito menos frequente que nos homens e nesta série representar apenas 20% dos casos. Um número elevado de doentes, 3.117 (48,6%), tinha mau estado geral na altura que recorreram aos cuidados de saúde. O adenocarcinoma foi-se tornando a histologia mais preponderante ao longo do período de estudo. A maior parte dos doentes, 7.206 (77,8%), foi diagnosticada em estádios avançados (IIIB, IV) da doença. A quimioterapia foi o tratamento escolhido para 3.529 (40,4%) dos doentes, por outro lado, a cirurgia foi possível em 1.301 (14,9%) dos casos.

Conclusão

Um elevado número de doentes com cancro do pulmão é diagnosticado e tratado nos hospitais do norte de Portugal. A incidência no sexo feminino tem vindo a aumentar. A esmagadora maioria dos tumores foi diagnosticada em estádio avançado, tendo sido possível, apesar disso, tratar cirurgicamente 14,9% dos doentes.

Abstract
Introduction

Lung cancer is the deadliest cancer worldwide. In Portugal, the disease remains the main cause of cancer death in males.

Aim

This study aims to evaluate the demographic and clinical characteristics of lung cancer patients diagnosed and treated in northern Portugal hospitals from 2000 to 2010.

Patients and methods

Twelve hospitals in the north of Portugal contributed to this study. The demographic and clinic characteristics of the patients registered in each hospital from 2000 to 2010 and the patterns of their occurrence were analyzed.

Results

During an 11-year period (2000-2010), 9767 lung cancer patients were registered in the participating hospitals. Comparing the number of the patients registered in the year 2000 to those registered during 2010, there was a significant increase in lung cancer cases. Females represent only 20% of the total registered lung cancer cases; however, during the study period, the number of female patients increased by 30%. A significant number of the patients, 3117 (48.6%), had poor performance status at presentation. The adenocarcinoma histology became more preponderant over the study period. Most of the patients were diagnosed as stages IIIB or IV: 7206 of 9267 (77.8%). Chemotherapy was the treatment of choice for 3529 (40.4%) patients, whereas surgical treatment was achieved in 1301 (14.9%) cases.

Conclusion

A significant number of lung cancer patients have been diagnosed and treated in hospitals in northern Portugal, and the incidence of the disease among females has been increasing. The overwhelming majority of the tumors were diagnosed in advanced stage; nevertheless, surgical treatment was possible in 14.9% of the patients.

Palavras-chave
Cancro do pulmão, Padrões de ocorrência, Estratégias terapêuticas, Norte Portugal
Keywords
Lung cancer trends, Patterns occurrence, Treatment strategies, Northern Portugal