Artigo original
Adaptação cultural e validação da versão portuguesa do Living with Asthma Questionnaire
Cross-cultural adaptation and validation of the Portuguese version of the Living with Asthma Questionnaire
R. Soles Gonçalvesa,b,c,, , , L.M. Cavalheiroa,c, J. Neves Gila,c, A. Lima Rodriguesb, A. Pereira Coutinhob, G. Alves Henriquesb, P. Lopes Ferreirac,d
a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, Instituto Politécnico de Coimbra, Coimbra, Portugal
b Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, Instituto Politécnico de Castelo Branco, Castelo Branco, Portugal
c Centro de Estudos e Investigação em Saúde, Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal
d Faculdade de Economia, Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal
Recebido 25 Julho 2012, Aceitaram 08 Fevereiro 2013
Resumo
Objetivo

Traduzir e adaptar culturalmente o Living with Asthma Questionnaire (LWAQ) para a língua portuguesa e testar a sua fiabilidade e validade.

Métodos

A versão portuguesa desta medida de qualidade de vida relacionada com a saúde, específica de doença, foi obtida através de traduções e retroversões, painéis de consenso e pré-teste. A versão portuguesa dos questionários LWAQ e Medical Outcomes Study - 36 item Short Form (SF-36), e um formulário das características dos doentes foram administrados a 61 asmáticos.

Resultados

A fiabilidade das pontuações do LWAQ foi considerada boa com coeficientes alfa de Cronbach a variarem entre 0,70 e 0,97 [com exceção do constructo «preocupações» (0,62), e dos domínios «sono» (0,67) e «efeitos nos outros» (0,47)] e coeficientes de correlação intraclasse entre 0,86 e 0,99. A validade de construção foi suportada pela confirmação de hipóteses predefinidas envolvendo as correlações esperadas entre os constructos, domínio e pontuação total do LWAQ, e as dimensões do SF-36 com conceitos semelhantes.

Conclusão

A versão portuguesa do LWAQ apresentou características psicométricas adequadas em termos de coerência interna, reprodutibilidade e validade de construção.

Abstract
Objective

To translate and culturally adapt the Living with Asthma Questionnaire (LWAQ) to the Portuguese language and to test its reliability and validity.

Methods

The Portuguese version of this disease-specific health-related quality of life measure was obtained with forward/backward translations, consensus panels and a pre-test. The Portuguese LWAQ and Medical Outcomes Study - 36 item Short Form (SF-36) questionnaires, and a form for the characteristics of the patients were administered to 61 subjects with asthma.

Results

Reliability of LWAQ scores was good with Cronbach's alpha coefficients ranging from 0.70 to 0.97 [with the exception of «preoccupation» (0.62) construct, and «sleep» (0.67) and «effects on others» (0.47) domains] and intraclass correlation coefficients between 0.86 and 0.99. Construct validity was supported by the confirmation of predefined hypotheses involving expected significant correlations between LWAQ total, constructs and domains, and SF-36 dimensions with similar content.

Conclusion

The Portuguese LWAQ exhibited suitable psychometric properties, in terms of internal consistency, reproducibility and construct validity.

Palavras-chave
Asma, Qualidade de vida relacionada com a saúde, Living with Asthma Questionnaire
Keywords
Asthma, Health-related quality of life, Living with Asthma Questionnaire