Original article
Chest radiological findings of influenza A H1N1 pneumonia
Achados radiológicos do tórax da pneumonia da gripe A H1N1
A. Nicolinia,, , L. Ferrerab, F. Raoc, R. Senaregad, M. Ferrari-Bravoe
a Respiratory Diseases Unit, Hospital of Sestri Levante, Sestri Levante, Italy
b Respiratory Diseases Department, Villa Scassi Hospital, Genoa, Italy
c Rehabilitation Pulmonology Division, Hospital of Arenzano, Genoa, Italy
d Department of Radiology, Hospital of Sestri Levante, Sestri Levante, Italy
e Department of Public Health and Preventive Medicine, Chiavari, Italy
Recebido 03 Abril 2011, Aceitaram 18 Dezembro 2011
Abstract
Objective

The objective of this study was to review chest radiographs (CXR) and chest computer tomography (CT) findings in patients with influenza A H1N1 virus pneumonia.

Materials and methods

Of ninety-eight patients with influenza A H1N1 infections seen in the General Hospitals of Villa Scassi, Genoa, and Sestri Levante from September 2009 to December 2009, twenty-eight developed pneumonia. The initial CXR were evaluated for radiological patterns: (ground-glass, consolidation, nodules, reticulation), distribution, and extent of the disease. Chest CT scans were reviewed for the same findings. A new radiographic score (CXR score) was used to evaluate the severity of the illness.

Results

The predominant radiological findings on chest CT in the patients at presentation were unilateral or bilateral multifocal ground glass opacities (84.5% of the patients).

Consolidation areas had a peribronchovascular and subpleural predominance and were found mainly in the middle and upper zones of the lung. Reticular opacities were found in about 20% of the cases. The most outstanding CXR and chest CT features of the disease were basal and axial alveolar consolidation and ground-glass opacities. The severity of disease as determinate by need for mechanical ventilation was greater in patients with a greater number of lobes involved and a higher CXR score.

Conclusion

Bilateral ground-glass opacities and areas of consolidation were the predominant radiological findings of influenza A (H1N1) virus pneumonia. Multifocal bilateral opacities and CXR score are strictly correlated with the severity of the illness.

Resumo
Objetivo

O objetivo deste estudo foi rever radiografias ao tórax (RXT) e tomografia computadorizada do tórax (TC) em pacientes com pneumonia pelo vírus gripe A H1N1.

Materiais e métodos

Dos noventa e oito pacientes com infecção pelo vírus gripe A H1N1 vistos nos Hospitais Gerais de Villa Scassi, Génova e em Sestri Levante, de setembro de 2009 a dezembro de 2009, vinte e oito desenvolveram pneumonia. Os RXT iniciais foram avaliados através de padrões radiológicos: (consolidação em vidro despolido, nódulos, reticulação), distribuição e extensão da doença. As TC do tórax foram revistas para os mesmos achados. Uma nova escala radiográfica (escala RXT) foi utilizada para avaliar a gravidade da doença.

Resultados

Os achados radiológicos predominantes na TC do tórax em pacientes na apresentação foram opacidades multifocais em vidro despolido (84% dos pacientes).

As áreas de consolidação tinham uma predominância peribroncovascular e subpleural e foram encontradas principalmente nas áreas médias e superiores do pulmão. Foram encontradas opacidades reticulares em cerca de 20% dos casos. As características mais notórias da doença na TC e RXT do tórax foram a consolidação basal e alveolar axial e as opacidades em vidro despolido. A gravidade da doença determinada pela necessidade de ventilação mecânica foi maior nos pacientes com um maior número de lóbulos envolvidos e com uma pontuação na escala RXT mais elevada.

Conclusão

As opacidades bilaterais em vidro despolido e as áreas de consolidação foram os achados radiológicos predominantes da pneumonia do vírus da gripe A (H1N1). As opacidades multifocais bilaterais e a pontuação da escala RXT estão estritamente correlacionados com a gravidade da doença.

Keywords
Influenza H1N1 virus pneumonia, Radiological findings, Ground-glass opacity, Consolidation, Chest radiological score
Palavras-chave
Pneumonia do vírus da gripe H1N1, Resultados radiológicos, Opacidades em vidro fosco, Consolidação, Pontuação radiográfica do tórax