Implicações do índice de dispersão eritrocitária no risco de eventos hemorrágicos em doentes com síndrome coronária aguda sem supradesnivelamento do segmento ST

Resumo

Introdução

Níveis elevados de índice de dispersão eritrocitária (RDW) têm sido recentemente associados a um pior prognóstico em doentes com doença cardiovascular. A sua relação com o risco de eventos hemorrágicos em doentes com síndrome coronária aguda sem supradesnivelamento do segmento ST não está, no entanto, estabelecida.

Objetivo

Determinar o valor prognóstico do RDW em doentes com síndrome coronária aguda sem supradesnivelamento do segmento ST em particular sobre o risco de hemorragia major.

Métodos

Foram estudados 513 doentes consecutivos internados com o diagnóstico de síndrome coronária aguda sem supradesnivelamento do segmento ST. A população foi agrupada segundo os tercis da distribuição do RDW e caracterizada de acordo com as características clínicas, laboratoriais e eventos adversos. O evento primário foi definido como a presença de hemorragia major durante o internamento (definida pela classificação do registo Crusade). Determinou-se o valor preditor do RDW sobre o risco de hemorragia major.

Resultados

O RDW médio foi de 15,13 ± 1,62%. Os doentes incluídos no terceiro tercil apresentaram uma idade mais avançada e mais frequentemente disfunção renal ou antecedentes de revascularização coronária. Valores crescentes de RDW associaram-se a um aumento do risco de hemorragia major e de mortalidade hospitalar. Um valor de RDW > 15,7% foi um preditor independente de eventos hemorrágicos (odds ratio ajustado 3,1, IC 95% 1,4-6,9).

Conclusões

Numa população de doentes com síndrome coronária aguda sem supradesnivelamento do segmento ST, o RDW esteve associado a uma maior mortalidade intra-hospitalar, tendo constituído um fator de risco independente para hemorragia major intra-hospitalar.


Sara Gonçalves a, , José Ferreira Santos a, Pedro Amador a, Leandro Rassi a, Ana Rita Rodrigues a, Filipe Seixo a, Luís Neves Soares a,

a Serviço de Cardiologia, Centro Hospitalar de Setúbal EPE, Setúbal, Portugal