Lesão osteolítica de maxila em paciente jovem, Cisto dentígero ou radicular? Relato de caso e discussão

de Castro, Luciano Alberto; Campos Maia, Sergio Ricardo;
Publicado na Rev Port Estomatol Med Dent Cir Maxilofac. 2012;53:24-8.

Resumo

Este estudo refere-se a uma lesão cística inflamatória na dentição mista que foi satisfatoriamente tratada por meio por meio da clássica abordagem cirúrgica-ortodôntica. A técnica da marsupialização foi utilizada com o propósito duplo de realizar a biópsia incisional e também promover a descompressão da lesão. O tratamento ortodôntico complementar com duração de 4 anos resultou em alinhamento estético e funcional dos dentes permanentes envolvidos. O estudo também discute a patogénese e a dificuldade para diagnosticar esse tipo de lesão que tanto pode ser considerado um cisto radicular como um cisto dentígero. Os autores levantam uma dúvida sobre a raridade dos cistos radiculares associados ao dentes decíduos e enfatizam que os tradicionais critérios diagnósticos usados para diferenciar esses dois tipos de lesões precisam ser revistos.


Leia o conteúdo completo deste artigo

Já está registado?

 

Inscrever-se para a revista

Acesse todos os artigos da revista Revista Portuguesa de Saúde Pública, sem limitação.S

Luciano Alberto de Castro, Sergio Ricardo Campos Maia