Case report
Flexible bronchoscopy during mechanical ventilation in the prone position to treat acute lung injury
Broncoscopia flexível durante a ventilação mecânica na posição de decúbito ventral para tratar a lesão pulmonar aguda
F. Guarracinoa,, , P. Bertinia, U. Bortolottib, M. Stefania, N. Ambrosinoc,d
a Cardiothoracic Intensive Care Unit, Cardio-Thoracic Department, University Hospital of Pisa, Italy
b Cardiac Surgery Unit, Cardio-Thoracic Department, University Hospital of Pisa, Italy
c Pulmonary and Respiratory Intensive Care Unit, Cardio-Thoracic Department, University Hospital of Pisa, Italy
d Weaning and Pulmonary Rehabilitation Unit, Auxilium Vitae, Volterra, Italy
Received 19 December 2011, Accepted 12 June 2012
Abstract

In patients with severe acute lung injury (ALI) or acute respiratory distress syndrome (ARDS) the prone position has been shown to improve survival of patients who are severely hypoxemic with an arterial oxygen tension to inspiratory oxygen fraction ratio (PaO2/FiO2)<100. In those patients tracheobronchial toilette is crucial in preventing or treating airways obstructed by secretions and deterioration of oxygenation. Flexible fiberoptic bronchoscopy is widely recognized as an effective technique to perform bronchial toilette in the intensive care unit (ICU).

Flexible bronchoscopy performed during prone mechanical ventilation in two cardiosurgical patients who developed ALI after complex surgery, proved feasible and safe and helped to avoid undesirable earlier cessation of prone mechanical ventilation. However decision making about bronchoscopy in severe hypoxia should be even more cautious than in the supine patient, as dangerous delay in resuscitation manoeuvres due to postponed switching the patient to the supine position should always be prevented.

Resumo

Em pacientes com lesão pulmonar aguda grave (LPA) ou síndrome de dificuldade respiratória aguda (ARDS), foi demonstrado que a posição de decúbito ventral melhora a sobrevivência de pacientes que sejam gravemente hipoxémicos com uma relação entre a pressão de oxigénio no sangue arterial e a fração inspirada de oxigénio (PaO2/FiO2) <100. Nesses pacientes, a toilette traqueobrônquica é fundamental para a prevenção ou tratamento das vias respiratórias obstruídas por secreções e a deterioração da oxigenação. A fibrobroncoscopia flexível é amplamente reconhecida como uma técnica eficaz para realizar a toilette brônquica na unidade de cuidados intensivos (UCI). A broncoscopia flexível realizada durante a ventilação mecânica em posição de decúbito ventral em 2 pacientes de cirurgia cardíaca que desenvolveram LPA após cirurgias complicadas, provaram ser viáveis e seguras, e ajudaram a evitar uma interrupção precoce indesejável da ventilação mecânica em posição de decúbito ventral. No entanto, a tomada de decisão sobre a broncoscopia em caso de hipóxia grave deve ser ainda mais cautelosa do que no paciente em posição supina, dado que um atraso perigoso nas manobras de reanimação devido à mudança adiada do paciente para a posição supina deve ser sempre evitado.

Keywords
Intensive care, Respiratory failure, Mechanical ventilation, Physiotherapy, Acute lung injury, Bronchoscopy, Prone position
Palavras-chave
Cuidados intensivos, Insuficiência respiratória, Ventilação Mecânica, Fisioterapia, Lesão pulmonar aguda, Broncoscopia, Posição prona

Metrics

  • Impact Factor: 1.560(2016)
  • 5-years Impact Factor: 1,100
  • SCImago Journal Rank (SJR):0,29
  • Source Normalized Impact per Paper (SNIP):0,685