Review
Exercise training modalities and strategies to improve exercise performance in patients with respiratory disease
Modalidades e Estratégias de Treino Físico para Melhorar o Desempenho durante o Exercício em Pacientes com Doenças Respiratórias
P. Almeidaa, F. Rodriguesb,,
a Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital Pedro Hispano, Unidade Local de Saúde de Matosinhos, Portugal
b Serviço de Pneumologia do Centro Hospitalar Lisboa Norte – Hospital Pulido Valente, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Portugal
Received 11 October 2013, Accepted 14 October 2013
Abstract

Pulmonary rehabilitation is an evidence-based, multidisciplinary, comprehensive intervention for patients with chronic respiratory diseases who are symptomatic and whose daily living activities are often restricted.

Pulmonary rehabilitation programs are designed to improve the physical and emotional condition of people with chronic respiratory disease and to promote long-term adherence to health-enhancing behavior.

Exercise training is at the core of pulmonary rehabilitation (PR) programs. The benefits of exercise training include decreased dyspnea, improved health-related quality of life, fewer days of hospitalization, and decreased health-care utilization.

To gain PR benefits, patients should be able to complete an exercise training program, preferably with high intensity exercise, and it is likely that these benefits will translate into a change from a pattern of a sedentary lifestyle to a physically active lifestyle.

Chronic respiratory patients, namely COPD patients, have a low exercise tolerance due to multiple factors, such as dynamic hyperinflation and peripheral muscle dysfunction.

In this article, the authors describe a variety of modalities and strategies to overcome exercise limitations and improve the effects of exercise training.

Resumo

A reabilitação pulmonar é uma intervenção abrangente, multidisciplinar e baseada em evidências, para doentes com doenças respiratórias crónicas que são sintomáticas e cujas actividades da vida diária são frequentemente limitadas.

Os programas de reabilitação pulmonar estão concebidos para melhorar a condição física e emocional de pessoas com doenças respiratórias crónicas e promover a adesão a longo prazo a comportamentos benéficos para a saúde.

O exercício físico está no cerne dos programas de reabilitação pulmonar (RP). Os benefícios do exercício físico incluem redução da dispneia, melhor qualidade de vida em termos de saúde, menos dias de hospitalização, e utilização reduzida dos cuidados de saúde.

Para obter os benefícios da RP, os doentes deverão ser capazes de completar um programa de exercício físico, de preferência com exercícios de alta intensidade, e é provável que esses benefícios se traduzam numa mudança de um padrão de estilo de vida sedentário para um estilo de vida fisicamente activo.

Doentes com doenças respiratórias crónicas, nomeadamente com DPOC, têm uma baixa tolerância ao exercício devido a uma diversidade de factores, como a hiperinsuflação dinâmica e a disfunção muscular periférica.

Neste artigo, os autores descrevem uma variedade de modalidades e estratégias para superar as limitações de exercício e melhorar os efeitos do treino físico.

Keywords
Pulmonary rehabilitation, Exercise training, Chronic obstructive pulmonary disease
Palavras-chave
Reabilitação pulmonar, Treino físico, Doença pulmonar obstrutiva crónica

Metrics

  • Impact Factor: 1.560(2016)
  • 5-years Impact Factor: 1,100
  • SCImago Journal Rank (SJR):0,29
  • Source Normalized Impact per Paper (SNIP):0,685